sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

A Girafa que comia estrelas

As turmas do 1.º ano e 2.º ano, das professoras Vânia e Clô, num projeto de articulação com a Biblioteca trabalharam a obra das Metas curriculares, do autor angolano José Eduardo Agualusa, A Girafa que comia estrelas. 


Fonte da imagem: 
https://www.wook.pt/livro/a-girafa-que-comia-estrelas-jose-eduardo-agualusa/172350

Os alunos jogaram um jogo de perguntas e respostas sobre a obra com a aplicação Plickers.


Fonte da imagem: https://www.slideshare.net/nadinegilkison/plickers

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Sapatos Vermelhos dinamarqueses!

Neste arranque de 2019, a turma do 4.º ano, da Professora Patrícia, num projeto de articulação com a Biblioteca trabalhou a obra das Metas curriculares, do autor dinamaquês Hans Christian Andersen, Os Sapatos Vermelhos. 



Depois de ouvirem a história, os alunos jogaram um jogo de perguntas e respostas sobre a obra com a aplicação Plickers.

Fonte da imagem: 
https://www.fnac.pt/Selecao-de-Contos-de-Andersen-Hans-Christian-Andersen/a740891

Fonte da imagem: https://www.slideshare.net/nadinegilkison/plickers

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Keep calm and read - The colour monster

 

 


Keep calm and read é o nome da atividade de articulação entre a Biblioteca "O Ventoinhas" e a disciplina de Inglês, neste caso, com a Professora Rita. As turmas de 3.º ano e de 4. ano vieram à biblioteca e ouviram a história "The Colour Monster", de Anna Llenas que faz parte do espólio da nossa biblioteca e pode ser requisitado pelos alunos. Ler  é bom e ler em Inglês é ainda melhor!

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Marcadores da Roménia

Olá amiguinhos!
Como em anos anteriores, participámos num intercâmbio de marcadores. Os nossos novos amigos da Roménia mandaram-nos estes, que estão em exposição na Biblioteca. Os nossos já foram enviados.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Concurso Nacional de Leitura - Nós participamos!

https://img.wook.pt/images/o-castelo-dos-livros-maria-teresa-maia-gonzalez/MXwyMjAwODIyNHwxNzg3NDI0N3wxNTI5MDE3MjAwMDAw/502x

Olá amiguinhos! 
Este ano, mais uma vez, vamos concorrer ao Concurso Nacional de Leitura, com as turmas de 3.º e 4.º anos.
Os meninos que quiserem participar terão de ler o livro "O Castelo dos Livros", livro da autora portuguesa  Maria Teresa Maia Gonzalez e que tem ilustrações de Cristina Malaquias.

Para leres o livro, segue esta ligação (O Castelo dos Livros) e pede a password na biblioteca da nossa escola.
Hoje, estas duas turmas vieram à biblioteca e viram como é fácil chegar à leitura do livro, em casa, no computador ou no tablet.

fontes das imagens:
http://m.bibcouraminho.webnode.pt/products/cnl-2018-apurados-os-vencedores-do-agrupamento/
https://www.wook.pt/livro/o-castelo-dos-livros-maria-teresa-maia-gonzalez/22008224

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Já cheira a Natal - Os poetas do 2.º ano


Olá amiguinhos!
A turma do 2.º ano, da Professora Clô, veio à biblioteca e já começaram a falar de Natal, depois de ouvirem a história "O Primeiro Natal da Pipas" de Steve Smallman.
No final  da história, a turma, com a ajuda dos professores fizeram uma quadra alusiva ao Natal. Querem ouvir?

A Esmeralda e a Pipas festejam o Natal
Esta data é muito especial
Quando abrem os presentes
As crianças ficam contentes

Concurso Nacional de Leitura



Olá amiguinhos! 
Este ano, mais uma vez, vamos concorrer ao Concurso Nacional de Leitura, com as turmas de 3.º e 4.º anos.
Os meninos que quiserem participar terão de ler o livro "O Castelo dos Livros", livro da autora portuguesa  Maria Teresa Maia Gonzalez e que tem ilustrações de Cristina Malaquias.



Para leres o livro, segue esta ligação (O Castelo dos Livros) e pede a password na biblioteca da nossa escola.

fontes das imagens:
http://m.bibcouraminho.webnode.pt/products/cnl-2018-apurados-os-vencedores-do-agrupamento/
https://www.fnac.pt/O-Castelo-dos-Livros-Maria-Teresa-Maia-Gonzalez/a640368

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Fomos jornalistas por uma hora

Olá amigos!
Hoje, a turma do 4.º ano, da Professora Patrícia, veio à biblioteca e com as revistas Visão que recebemos todos os meses para consulta dos nossos meninos, analisámos notícias, respondendo às famosas questões: O quê? Quem? Onde? Como? e Porquê?. Depois, para finalizarmos, retirámos elementos de todas as notícias verdadeiras analisadas e juntámos todos esses elementos, numa nova notícia forjada. Foi uma manhã bem divertida. Foi assim, que brincámos com coisas sérias e vimos um pouco do que é ser um jornalista.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Manuela Ribeiro com o Ventoinhas

Olá amiguinhos!
Hoje foi um dia muito importante para a nossa biblioteca. Recebemos na nossa escola, a Manuela Ribeiro e foi muito divertido. Gostámos muito!

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

O último livro da Manuela Ribeiro

Olá amiguinhos!
Acabadinho de sair do forno, aqui está o último livro da Manuela Ribeiro, que receberemos na nossa escola já na próxima sexta-feira. Este livro fala das estações do ano e das alterações climáticas. Estamos ansiosos por receber esta autora portuguesa.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

E vamos receber a Manuela Ribeiro


Olá amiguinhos!
No próximo dia 16 de novembro, receberemos na nossa escola, a autora Manuela Ribeiro. Esta autora portuguesa conta já com 9 livros na sua coleção.  Esta será uma excelente oportunidade de adquirirem um exemplar autografado pela autora. Estes livros têm temas variados, que vão desde o racismo, a adoção, os hábitos diários, as alterações climáticas, etc.

domingo, 11 de novembro de 2018



Olá amiguinhos!
 Com vocês já sabem, a nossa escola, tal como em anos anteriores, aderiu ao desafio da International Association of School Librarianship, para intercâmbio de marcadores de livros. Este ano, os nossos parceiros são da Roménia. Os nossos alunos dos 4.º ano elaboraram estes marcadores de livros, que serão enviados para os nossos parceiros. O que vos parece? Eu acho que estão lindos!







sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Marcadores de livros

Esta semana, em que andamos a fazer os marcadores para o nosso projeto de intercâmbio de marcadores com uma escola da Roménia, estão afixados os marcadores do ano passado, que recebemos de uma escola da Índia. E são bem bonitos. Esperamos que os nossos amigos da Roménia gostem dos nossos e que rapidamente recebamos os deles, para os entregarmos a cada menino.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

31 inscrições no Miúdos a votos! Um sucesso!


Olá amiguinhos!
Este ano contamos com 31 inscrições, para participarmos na iniciativa "Miúdos a votos", organizada pela a Rede de Bibliotecas Escolares e pela VISÃO Júnior. Até quarta, os alunos terão de escolher o seu livro preferido e inscreverem-se nesta atividade, junto do Professor Bibliotecário. O Miúdos a Votos continuará a contar com o apoio do Plano Nacional de Leitura, da Pordata, da Comissão Nacional de Eleições e da Rádio Miúdos.

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Intercâmbio de Marcadores

Olá amiguinhos!
A nossa escola, como em anos anteriores, aderiu ao desafio da International Association of School Librarianship, para intercâmbio de marcadores de livros. Este ano, os nossos parceiros são da Roménia.  
Os nossos alunos elaboraram os marcadores de livros, que serão enviados para os nossos parceiros. Depois, receberemos os deles.

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

E recebemos o Nuno o Caravela!

Olá amiguinhos! Ontem foi um dia importante para a nossa Biblioteca. O Ventoinhas adorou receber o Nuno Caravela, autor da coleção "O Bando das Cavernas". Que grande sucesso que é esta coleção e que excelente tempo passámos a ouvir o Nuno. Para além de ficarmos a saber tudo sobre as personagens da história, ainda tivemos o privilégio de ver o Nuno a desenhar, ao vivo e a cores. Obrigado Nuno, quando voltas? :)

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Mensagem da nossa Diretora - Dia das Bibliotecas Escolares





Hoje é dia de festa.... Imagina comigo esta aventura, garanto-
-te que não te arrependerás.

Alguma vez pensaste que quando a escola está vazia há letras, imagens e outras coisas mais a passearem pelos corredores? Esta é a mais pura das verdades, eu já assisti, ou melhor, já imaginei. Imaginei com tanta força que tenho a certeza que foi real.

Na nossa biblioteca, quando as luzes se apagam e os estores são fechados, os livros que estão nas estantes ganham vida e dançam de prateleira em prateleira, conversando uns com os outros. Tenho a certeza que é nestes momentos que o D. Quixote discute com o Adamastor a intensidade dos ventos, o Harry Potter conversa com Merlin sobre as mais diversas poções e dragões e o Greg do Diário de um Banana troca aventuras e peripécias com o Fred, o Estranhão.

A maior maravilha é que tudo isto é possível com e na imaginação de cada um de nós.

Hoje é um dia especial, é o dia daquele espaço especial que tem à nossa disposição inúmeros recursos, de formatos variados que estão à tua espera para que tu possas também imaginar como eu.

Feliz Dia das Bibliotecas Escolares!

Professora Filipa Carvalho
Diretora do Agrupamento de Escolas Venda do Pinheiro

Dia das Bibliotecas Escolares


Dia das Bibliotecas Escolares
O Plano Nacional de Leitura 2027 felicita as Bibliotecas Escolares portuguesas pelo seu trabalho diário de formação de leitores.
A biblioteca escolar destaca-se pela sua centralidade física e simbólica, constitui-se como um espaço físico e digital aberto, onde todos são bem-vindos, incrementando a ideia de uma cultura de leitura e escrita nas escolas.
Aprender a ler e ler para aprender são processos fundadores indissociáveis da ideia de educação. É necessário que na escola se leia de todas as maneiras, de forma autónoma e orientada, individualmente, a par e em grupo, em voz alta e silenciosamente, de forma extensiva e intensiva, sempre e em todo o lado, para aprender a manejar a informação de forma ética e crítica, estruturar o conhecimento, melhorar a aprendizagem e aumentar o sucesso educativo.
Com o objetivo de dar resposta a esta necessidade, o Plano Nacional de Leitura e as bibliotecas escolares juntam esforços para, colaborativamente, promoverem:
- a inclusão de períodos diários para a prática individual da leitura pelos alunos, com a iniciativa "10 minutos a ler";
- a gestão e o empréstimo às turmas de caixas com conjuntos de livros iguais para serem lidos sob a orientação do professor;
- a celebração de contratos de leitura autónoma com os alunos, tendo em conta as recomendações e as sugestões do Plano Nacional de Leitura 2027;
- o empréstimo e a circulação de livros entre a escola e a casa dos alunos para a leitura em familia;
- concursos, projetos, iniciativas várias que contribuem para fazer leitores.
1. É essencial que existam espaços, tempos e oportunidades nas escolas para estimular o prazer de ler. A aquisição de hábitos de leitura e do prazer de ler exige uma prática regular da leitura, o envolvimento emocional e a motivação pessoal dos leitores através de um exercício livre e voluntário. O acesso facilitado a um espaço de liberdade, de leitura independente, de iniciativas diversificadas de caráter informal concorre para estimular o prazer de ler e formar leitores para a vida. Sendo também um espaço para brincar e aprender de forma recreativa, a biblioteca escolar desenvolve, através dessa diversão em grupo, as capacidades intelectuais, linguísticas e socioafetivas dos alunos.
2. Hoje não basta saber ler. É necessário ler muito bem, independentemente do que lemos, das razões por que lemos, das linguagens, dos textos, dos meios, dos suportes e dos lugares físicos ou virtuais em que nos encontramos, e para isso é exigida uma competência muito sólida em leitura e escrita. Esta exigência de aquisição de uma nova competência leitora e de novas literacias implica repensar os ambientes e os modos de aprendizagem atuais. As bibliotecas escolares têm, neste contexto, um papel catalisador.
3. A biblioteca escolar é um espaço de leitura funcional e informativa, autónoma, onde se descobre e se sustenta o gosto pelo saber, onde é possível ler, investigar e usar de forma livre e com segurança todo o tipo de recursos, impressos e digitais, independentemente do seu formato e da forma de acesso, presencial ou online.
4. Como não só de literacia verbal se faz hoje a leitura, é também possível na biblioteca desenvolver muitas outras formas multissensoriais que se combinam cada vez mais com a palavra escrita e oral, dando lugar a uma nova multialfabetização ou transalfabetização que também a biblioteca deve acolher.
5. A escrita hoje, induzida por novos ambientes digitais e dispositivos móveis, faz-se maioritariamente em ecrãs, associando-se cada vez mais à oralidade e a outras linguagens e formas gráficas e visuais de comunicar, através do Facebook, do Youtube, do Instagram e de outras redes sociais. Por exemplo, como estratégia de motivação e pretexto para o exercício criativo da leitura e da escrita, pode recorrer-se às práticas correntes de escrita dos jovens em plataformas de Fanfic, grupos de leitura e escrita no GoodReads e Wattpad, produção de booktrailers, aplicações de storytelling, etc.
6. Hoje em dia, não só consumimos mas também produzimos informação. As bibliotecas são um espaço de produção e comunicação da imagem e da palavra, onde é possível aprender a trabalhar com tecnologias, plataformas e ferramentas digitais para a criação, a representação e a partilha da informação e do saber, independentemente da sua natureza, suporte ou formato.
7. A leitura é uma atividade social e as bibliotecas, um espaço público comunitário de encontro, empatia e inclusão, onde é possível socializarmo-nos e abrirmo-nos a outros olhares, realidades e modos de viver, ler e sentir.
8. As bibliotecas escolares são, igualmente, um espaço performativo de fruição estética e expressão cultural, onde se pode participar em atividades festivas, eventos artísticos e experiências vivas de leitura explorando a dimensão ostensiva, cénica e pragmática da leitura e dos textos
Aos professores bibliotecários, aos coordenadores interconcelhios, aos docentes e a todos aqueles que, todos os dias, constroem leitores nas e com as bibliotecas escolares, uma saudação especial no Dia das Bibliotecas Escolares.